Museu Oceanográfico de Setúbal – Oceanographic Museum of Setúbal

Localizado na pequena, Fortaleza de Santa Maria, juntinho à foz do rio Sado, mandada construir pelo Rei D. Pedro II , em 1676, a pedido dos frades do convento da Arrábida, para defesa da costa contra os ataques inimigos está o Museu Oceanográfico de Setúbal. Este Museu alberga uma colecção particular de fauna marinha oriunda e artes de pesca da região de Setúbal e Sesimbra. Serve também de casa a um laboratório de campo de Biologia do Parque Natural da Arrábida onde se realizam estudos com vista à protecção do ambiente Costeiro Marinho (Projecto Biomares).
Luiz Gonzaga do Nascimento, o coleccionador
Luiz Gonzaga do Nascimento, era filho de um armador de Setúbal. Desde muito jovem começou a interessar-se pela natureza da região onde vivia e começou a coleccionar, catalogar e conservar espécies que eram capturadas pelos barcos da empresa do pai.
No princípio do século XX dá inicio a uma colecção de fauna marinhada região (Estuário do Sado, Costa da Galé, da Arrábida e Sesimbra e mares profundos do Cabo Espichel).
A nível Internacional estabeleceu vários contactos: Museu Britânico de História Natural, do qual era correspondente, Museu de Madrid, Sociedade Oceanográfica Nipónica. Em 1930 é homenageado com a atribuição do seu nome a uma espécie e uma variedade nova de invertebrados marinhos (Leptogorgia gonzagai e Eunicella ctenocelloides var. nascimentoi).
A sua competência levou-o ao reconhecimento real quando o Rei D. Carlos I, outro grande oceanógrafo, o contacta para saber como poderia conservar, com as cores originais, as espécies que encontrava.
Em 1955 o espólio da colecção é doado à cidade de Setúbal nascendo assim o Museu Oceanográfico de Setúbal.
Luiz Saldanha
Naturalista no Museu Nacional de História Natural. Trabalhou como oceanógrafo por todo o Mundo e foi responsável por vários organismos nacionais e internacionais ligados à conservação da natureza, à investigação e gestão dos recursos marinhos e ainda como professor de Biologia marinha na Universidade de Lisboa.
A sua ligação à Arrábida começou quando iniciou os seus trabalhos de Doutoramento efectuados na Costa da Arrábida.
Em 1965 começa a alertar para a necessidade de protecção da costa da Arrábida e propõe ao Ministério da Marinha a criação de uma reserva marinha.
Só 33 anos mais tarde, em 1998, é criado o Parque Marinho, designado como Parque Marinho Professor Luiz Saldanha em sua homenagem
Rei D. Carlos, o “Tí” Rei
“Tí” Rei era como os pescadores de Setúbal chamavam, amistosamente, ao Rei D.Carlos I. O penúltimo rei português foi um reconhecido oceanógrafo. Mantinha contactos frequentes com Luiz Gonzaga do Nascimento. A bordo do famoso Iate “Amélia” percorreu toda a costa portuguesa e catalogou e várias espécies originárias do território nacional.
Mobilidade Reduzida
Em termos de acessos a pessoas com mobilidade reduzida, o acesso a cadeiras de rodas não existe, porque, como o Museu está localizado num Monumento Nacional, não é possível proceder-se a uma alteração para tornar o edifício acessível a pessoas com cadeiras de rodas. Quando existem visitas escolares ao Museu os alunos com mobilidade reduzida têm que ser, literalmente, “levados em braços” por colegas ou professores mais musculados.
Ainda no campo da acessibilidade, fica aqui desde já uma sugestão. Poderiam ser publicadas brochuras em Braille. Seria uma maneira de dar a conhecer o Museu às pessoas invisuais
Quando visitei este Museu fui recebido pelo funcionário Jorge Fortes Martins, que sofre Esclerose Múltipla, uma doença que degrada o Sistema Nervoso Central e trabalha com todo o profissionalismo, dentro das suas limitações. É responsável do apoio logístico no museu e nas saídas de mergulho.
Horário Aberto ao público de 3ª a 6ª feira das 10h às 16h e Sábados das 15h às 18h. Encerra às 2ª feiras, Domingos e Feriados.
Bilhetes: Adultos 1,5 euros; Jovens e Visitas escolares 1,25 euros.
Contactos: 212189791
Morada:
Portinho da Arrábida Fortaleza de Santa Maria
Portinho da Arrábida
2925-378 AZEITÃO
Localização GPS – N 38º28”25.53 O 8º58”58.29
Agradecimentos
Jorge Fortes Martins
Mafalda Gaspar Anjo
Fonte:
Oceanographic Museum of Setúbal
Located in ,the small, Fort of Santa Maria, near the mouth of the River Sado, built by King Pedro II in 1676, at the request of the friars of the convent Arrábida, to protect the coast against enemy attacks is the Oceanographic Museum of Setúbal. This museum houses a private collection of marine fauna and fishing gears from the region of Setúbal and Sesimbra. Is also the home to a field laboratory of Biology Arrábida Natural Park where you conduct research for the protection of the coastal marine environment (Biomares project)
Luiz Gonzaga do Nascimento, the collector
Luiz Gonzaga do Nascimento, was the son of a shipowner to Setúbal. From an early age became interested by the nature of the region where he lived and began to collect, catalog and preserve species that were captured by the boats of his father’s company.
At the beginning of the twentieth century initiates a collection of marine fauna region (Sado Estuary, Coast Gale Arrábida and Sesimbra and deep seas Cape Espichel).
Internationally established several contacts: British Museum of Natural History, which was a correspondent, Museum of Madrid, Nippon Oceanographic Society. In 1930 he is honored with the award of his name to a new species and a variety of marine invertebrates (Leptogorgia gonzagai e Eunicella ctenocelloides var. nascimentoi).
His expertise led him to  real recognition from King Carlos I, another great oceanographer, know how to contact it would keep with the original colors, the species found.
In 1955 the estate of the collection is donated to the city of Setubal born so the Oceanographic Museum of Setúbal.
Luiz Saldanha
Naturalist at the National Museum of Natural History. He worked as an oceanographer in the entire world and was responsible for several national and international organizations related to nature conservation, research and management of marine resources and as a professor of marine biology at the University of Lisbon.
His connection to Arrábida started when he began his PhD work carried out in Costa Arrábida.
In 1965 begins to draw attention to the need to protect the coast of Arrábida and the Department of the Navy proposes the creation of a marine reserve.
Only 33 years later, in 1998, created the Marine Park is designated as Professor Luiz Saldanha Marine Park in his honor
King Carlos, the “Uncle” King
“Uncle” King was called  by th efishermen of Setubal to King Carlos I. The penultimate Portuguese King was a renowned oceanographer. He kept frequent contacts with Luiz Gonzaga do Nascimento. Aboard the famous yacht “Amelia” went all the Portuguese coast and cataloged, several species originating from the country.
Reduced Mobility
In terms of access for people with reduced mobility, access for wheelchairs there, because, as the museum is located in a National Monument, it is not possible to make a change to make the building accessible to people with wheelchairs . When there are school visits to the Museum students with reduced mobility have to be, literally, “taken in arms” by classmates or teachers more muscular.
Also in the field of accessibility, is now a suggestion here. Could be published brochures in Braille. It would be a way to get to know the Museum to the blind
When I visited this museum, I was received by the employee Jorge Fortes Martins , who has Multiple Sclerosis, a disease that degrades the central nervous system and works in a professional manner, within its limitations. It is responsible for logistical support in the museum and in the exits of diving.
Opening hours to the public: from Tuesday to Friday from 10 am. to 4 pm and Saturday from 3 pm to 6pm. Closes on Mondays, Sundays and holidays.
Tickets: Adults € 2, Youth and School visits € 1,5
Contact: (351) 212189791
Address:
Portinho Arrábida Fortaleza de Santa Maria
Portinho Arrábida
2925-378 AZEITÃO
GPS location -N 38º28”25.53 W 8º58”58.29
Thanks to:
Jorge Fortes Martins
Mafalda Gaspar Anjo
Source:

Advertisements

Dia Europeu do Enoturismo – European Day of WineTourism

No Próximo dia 13 de Novembro é comemorado o Dia Europeu do Enoturismo. Esta iniciativa foi instituída pela Rede Europeia de Cidades do Vinho, que escolheu o segundo Domingo de Novembro de cada ano.



Fonte/Source:http://blog.viavitis.com.br

 

Este evento tem como prioridade principal a promoção de actividades e dos produtos relacionados com o vinho, os produtos típicos a ele associados e o Enoturismo e dos Municípios associados.

Durante o próximo fim de semana não perca a oportunidade de provar os vinhos da sua região ou até, quem sabe, percorrer o país para visitar algum evento associado a esta iniciativa.



English Version:

Next November 13th is celebrated the European Day of Wine Tourism. This initiative was established by the European Network of Wine Cities, who chose the second Sunday of November each year.



Fonte/Source:www.ivv.min-agricultura.pt

 This event whose main priority is the promotion of activities and products related to wine, typical products and wine tourism associated with it and the associated municipalities.

During the next weekend do not miss the opportunity to taste the wines of their region or even, perhaps, across the country to visit some event associated with this initiative.



Fonte/Source:

http://www.opcaoturismo.pt/

Recevin – Rede Europeia de Cidades do Vinho – European Network of Wine Cities

Related Links relacionados:

http://www.recevin.net/










Palmela no caminho da acessibilidade- Palmela on the route of accessibility

A Câmara Municipal de Palmela, Portugal quer tornar a Vila e o Concelho mais acessíveis e inclusivos. Para isso criou o projecto Palmela acessível que nasce de dois projectos relacionados com a acessibilidade. Um na vila de Palmela e o outro, o Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades, direccionado para o Município.
Estas acções têm como principal objectivo a inclusão de todos os cidadãos, procurando dar continuidade e consolidar o trabalho desenvolvido pela Câmara Municipal de Palmela, em 2004, na sequenciada sua adesão à Rede Nacional de Cidades e Vilas com Mobilidade para todos.

Castelo de Palmela Castle, fonte/Source:www.gt.estt.ipt.pt

O Plano Local de Promoção das acessibilidades e o Plano de Promoção das Acessibilidades permitem o conhecimento mais profundo “e actualizado das condições reais de acessibilidade e encontrar soluções que contribuam para um município mais inclusivo”.
Estes projectos implicam um trabalho de parcerias com as diferentes organizações locais que visa sondar as necessidades da população para quem são direccionados estes projectos, principalmente pessoas com mobilidade reduzida, população envelhecida, com objectivo de perceber as suas impressões e necessidades.
Ambos os projectos contam com um conjunto diversificado de actividades, das quais se destacam acções de comunicação através dos Media; acções de formação/sensibilização junto de departamentos municipais, operadores de transporte, empresas locais e acções de sensibilização junto das escolas “o desenvolvimento do SIG, enquanto ferramenta que acompanha a evolução dos planos; a constituição da Comissão de Acompanhamento; a elaboração do Diagnóstico com as condições de acessibilidade; e, por fim, a elaboração dos Planos, com orientações, medidas correctivas, prioridades de execução e plantas de acessibilidade que garantam soluções para a implementação de percursos acessíveis”.
Património Português (acessível) falou com Sandrine Palhinhas, da Divisão de Intervenção Social e da Juventude que nos disse que “este projecto integrou algumas das questões relacionadas com o património acessível na medida em que foi concretizado um trabalho de Diagnóstico ao nível de alguns equipamentos (Castelo de Palmela, Igrejas, Pelourinho), sendo identificadas algumas propostas de correcção para a melhoria da acessibilidade nestes espaços.

Moínhos de vento na Serra do Louro-Windmill at Serra do Louro, Fonte/Source:Samurai Club

A publicação do projecto (palmela acessível . narrativa de projecto. plano local) sendo uma síntese da intervenção não refere a totalidade da intervenção, não contemplando, consecutivamente, as “fichas síntese de diagnostico” do património e suas propostas correctivas para a eliminação de algumas barreiras arquitectónicas”.
English Version
The Municipality of Palmela, Portugal, wants to make the village and County more accessible and inclusive. For this, created the project (Accessible Palmela) born of two projects related to accessibility. One in the village of Palmela and the other, the Municipal Plan for the Promotion of Accessibility, directed to the municipality.
These actions are intended principally to the inclusion of all citizens, seeking to continue and consolidate the work done by the Municipality of Palmela, in 2004, following its accession to the National Network of Cities and Towns with mobility for all.
The Local Plan for the Promotion of accessibility and the Plan for the Promotion of Accessibility allow deeper knowledge “and updated the actual conditions of accessibility and solutions that contribute to a more inclusive city.”

Vinhas/ Wineyards- Fonte/Source:Flickriver

These projects involve a working partnership with various local organizations aimed at probing the needs of the population who are directed to these projects, especially those with reduced mobility, aging population, with the purpose of understanding their feelings and needs.
Both projects have a variety of different activities, including most importantly communication activities through the media; training / awareness among municipal departments, transport operators, local businesses and awareness raising with schools’ development of GIS as a tool that follows the evolution of the plans, the establishment of the Monitoring Committee, the development of diagnostics with the conditions of accessibility, and, finally, the preparation of plans, with guidance, corrective action plans and priorities for implementing accessibility solutions that ensure the implementation of accessible routes. “
(Accessible) Portuguese Heritage talked with Sandrine Palhinhas, Division of Social Intervention and Youth who told us that “this project has integrated some of the issues relating to accessible heritage to the extent that a work was accomplished at diagnosis of some equipment ( Castelo de Palmela, churches, Pelourinho), identified some proposed corrections to the improvement of accessibility in these areas.

Festa das Vindimas/Harvest Festival- Fonte/Source: Festa das Vindimas

The publication of the draft (palmela accessible. Narrative project. Local level) and a summary of the intervention does not address the totality of the intervention, comprising consecutively the “synthesis of diagnostic chips” of the property and its proposed remedies for the elimination of some architectural barriers”.
Fonte/Source:
Agradecimentos/Thanks to:
Sandrine Palhinhas, C.M. Palmela- Municipality of Palmela
Cláudia Francisco

Guimarães no Top10 das Melhores Cidades para visitar em 2012- Guimarães on the Top 10 of the Best Cities to visit in 2012.

Guimarães, a cidade Berço está no Top 10 das Melhores Cidades para visitar em 2012. Quem o diz é o sitio na Internet  lonelyplanet.com na sua rubrica de Dicas e Artigos.

” Here Portugal was born” Writen  on the wall.

Esta lista integra cidades como1ºLondres( Inglaterra) 2ºMuscat (Oman),3º Bengaluru (Bangalore),4º Cádiz (Espanha),5º Estocolmo (Suécia),6º Guimarães(Portugal),7º Santiago(Chile), 8ºHong Kong (China) Orlando(EUA) e Darwin( Australia).

A cidade de Guimarães é conhecida em Portugal como o “Berço da Nacionalidade” por ali ter nascido, pensa-se, D. Afonso Henriques, o primeiro Rei de Portugal.

 Em seguida vou fazer uma tradução do que escreveram sobre Guimarães.

“Esta cidade do Norte de Portugal é de uma beleza estonteante. Reconhecida pela UNESCO como Património da Humanidade. Não se encontra, ainda, nos radares dos visitantes estrangeiros. A Cidade Velha é um emaranhado de telhados vermelhos, prédios com colunas, pontuadas por imponentes mansões e palácios, e centrado em um castelo com ameias em  forma de espigão.

Agora é o momento para visitá-la. Foi escolhida com Capital Europeia da Cultura 2012. Construída sobre um cenário cultural e despida da sua significativa população jovem, a cidade será um local de dinamização artística , ao longo, do próximo ano, com uma concentração de  artistas portugueses e do resto da Europa que ali exibirão o seu trabalho.”

English version

Santuário Nossa Senhora da Penha Santuary

Guimarães , the Birth City, is on the Top 10 List  for the Best Cities tovisit in 2012. Who says that is the internet site lonelyplanet.com  in their rubic Tips and Articles. This list includes cities as1st London (England) 2nd Muscat (Oman), 3rd Bengaluru (Bangalore), 4thCadiz (Spain), 5th Stockholm (Sweden), 6 th Guimarães (Portugal), 7 thSantiago (Chile), 8 thHong Kong (China) 9 th Orlando (USA) and 10th Darwin (Australia)

The city of Guimarães in known as the “Birth of Nationatily” because, the first portuguese King D. Afonso Herinques , who had  born there.

For non-Portuguese speakers I will give you a link for the text that lonely Planet staff wrote about
Guimarães.  http://www.lonelyplanet.com/england/london/travel-tips-and-articles/76861

Fonte/ Source:

Angela Roque

Related links Relacionados :
http://www.guimaraesturismo.com/pages/120

http://www.guimaraes2012.pt/