Ruínas Romanas de Tróia com percurso acessível.

Localizadas em plena Península de Tróia, com vista para a Serra da Arrábida e com uma praia com cerca de 18 Km, estam as Ruínas Romanas de Tróia. Um complexo de salga de peixe com 2000 anos. Estas Ruínas Romanas foram inauguradas à um ano  tem um percurso acessível a pessoas com mobilidade condicionada.
As Ruínas Romanas de Tróia foram classificadas como Monumento Nacional em 1910. Mas já no século XVIII despertavam interesseda Infanta Maria (D. Maria I), que mais tarde, já no seu  no reinado de ali inicia as escavações,  sendo estas consideradas , actualmente, a primeira zona arqueológica portuguesa.
Desde sempre Setúbal teve uma industria conserveira proeminte, não só pelas salinas aí localizadas mas também pela abundância e qualidade do seu peixe pela qual esta cidade sempre foi conhecida. O fenícios, em primeiro lugar e os romanos depois, perceberam as potencialidades que a zona do estuário do sado tinha no que toca à industria da salga e conserva de peixe.
Foi à cerca de 2000 anos que ali foi construído o maior complexo de salga conserva de peixe do mundo romano conhecido até hoje.
Neste complexo podem ser observadas as várias valências que o serviam e chegaram até aos dias  : Zona residencial, Oficinas de salga, termas, várias necrópoles, um mausoléu a rota aquária e uma basílica paleocristã.

Neste espaço podem ser visto alguns achados arqueológicos como cerâmicas, loiças, ânforas e espinhas de peixe (sardinha).
A recuperação deste espaço resulta de um protocolo assinado entre o IGESPAR e a Sonae( proprietária dos terrenos onde se localizam as ruínas) e que permitiram a reabertura das ruínas ao público 20 anos após o seu encerramento.

A criação deste percurso esteve a cargo do arquitecto paisagista Hipólito Bettencourt. Francisco providência é o responsável pelo design dos painéis explicativos, sinalética e outros elementos de divulgação. Inês Vaz Pinto coordenou a equipa de arqueólogos envolvidos nas escavações das ruínas .

Importa ainda referir que o percurso existente nestas ruínas tem 450 metros e está acessível a pessoas com mobilidade reduzida.
A2 Saída de Grândola, Santiago do Cacém ou Alcácer do Sal /  A2  Grândola, Santiago do Cacém or Alcácer do Sal exit.

Videos relacionados

Fontes:

EU nº66- Revista dos colaboradores das empresas Sonae

Troiaresort

Portugal Romano

http://www.publico.pt

Localização
Carvalhal., 7570

 Texto relacionado

7 maravilhas Praias de Portugal / 7 wonders  Beaches of Portugal

Lista de Praias Acessíveis, em Portugal, ano de 2011 / Accessíble Beaches List,in Portugal, year of 2011

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s